Como a CI da sua empresa é vista?

Ser encarada como uma área estratégica para a empresa ainda é uma aspiração para muitos profissionais de CI nas organizações.

Qual é o segredo? Como se tornar relevante? Quem precisa nos notar?

Para começar, você precisa se fazer ao menos três perguntas diferentes:

Comunicação Oral – Encerradas – IV ContemporaneidadesA comunicação aplicada na minha empresa contribui para o negócio?

Comunicação Oral – Encerradas – IV ContemporaneidadesNós acompanhamos e mensuramos os resultados das nossas ações?

Comunicação Oral – Encerradas – IV ContemporaneidadesA liderança conhece esses resultados da Comunicação?

Agora, entenda a importância dessas questões para avaliar em que estágio a Comunicação Interna está na sua empresa e, com isso, ter mais clareza dos passos seguintes que precisa avançar:

 

1)      A Comunicação Interna alinhada com o negócio

Os objetivos da Comunicação Interna precisam ser mais do que ações de endomarketing. Eles devem ser construídos a luz dos objetivos do próprio negócio da empresa. O exercício é conhecer quais são os objetivos do negócio para o ano, por exemplo, e entender como a comunicação – com suas ferramentas e propriedades – poderá contribuir para o alcance dessas metas.

As intervenções da Comunicação ajudam a construir o sentimento de pertencimento nos colaboradores, tornando-os mais engajados não só com a sua própria entrega ou de sua área, mas igualmente comprometidos com o negócio como um todo. O tão exigido sentimento de dono que os presidentes e CEOs desejam também nasce dessas iniciativas.

 

2)      Mensure e mostre os resultados

Você mede os resultados das ações da comunicação? Mensurar é indispensável para qualquer área e em qualquer negócio. Se não acompanharmos os reflexos do que fazemos não temos como saber se estamos indo bem ou mal. E mais importante do como, é o que deve ser mensurado e isso varia dependendo das estratégias e objetivos da comunicação na sua empresa.

No entanto, uma das formas de mensuração infalíveis é a pesquisa de satisfação ou de percepção dos colaboradores. Além de permitir que os diretores e demais colegas enxerguem os efeitos das ações da área, é indispensável para você conhecer a opinião do público sobre o seu trabalho, mas especialmente te dirá se está na direção certa e o que deve ser ajustado.

O Worksphere conta com um analytics completo, que permite a mensuração de resultados. O gestor do canal pode mapear curtidas, comentários, picos de acesso e muito mais. Quer utilizar a plataforma gratuitamente, por um período? clique aqui e cadastre-se.

Não esqueça, quando apresentar os resultados da Comunicação, esses dados precisam transmitir uma leitura que aponte conexão com o negócio e fortalecimento da cultura organizacional.

Então, se prepare e faça questão de apresentar as contribuições da Comunicação para o negócio da empresa. Adaptando uma frase célebre e funcional, o que não é visto não é lembrado, muito menos notado.

 

3)      Liderança é protagonista na Comunicação

Outro passo de extrema relevância é que a estratégia de Comunicação Interna envolva a liderança (alta, média e baixa) e a coloque como corresponsável em ações de engajamento.

Quando o colaborador visualiza a liderança protagonizando a iniciativa ou apenas apoiando é natural que ele também se envolva ou por compreender a importância impressa pela participação hierárquica ou simplesmente por não querer ser mal visto pelo seu líder e pares.

Ajudar a liderança a fazer parte da construção de algo para os colaboradores é um bom jeito de ganhar o apoio e reconhecimento deles.

 

Avalie se esses três pontos primordiais são escopos já desenvolvidos ou não no seu cenário de trabalho.

Dependendo das respostas que tiver para essas questões, você terá claro o que precisa fazer para avançar os passos em direção a colocar a CI na posição estratégica como aliada do negócio.